Antibiótico causa cárie?

Vamos esclarecer de uma vez por todas: O antibiótico não causa cárie dentária.

O mito em torno desta relação vem de muitos anos. Devemos saber que o antibiótico com apresentação na forma de xarope ou suspensão oral contém açúcar (para melhoria do sabor).

Xarope (do árabe sharab, bebida, poção) é uma solução que contém muito açúcar em sua composição. Além de ocasionar viscosidade, este quando em concentração superior a 85%, funciona como conservante devido ao efeito osmótico. É uma preparação aquosa, com no mínimo 45% (p/p) de sacarose ou outro açúcar na sua composição. Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.

O fato de apresentar açúcar e ser administrado muitas vezes no meio da noite sem uma devida higienização da boca da criança posteriormente pode ser um fator predisponente para a doença cárie dentária.

Isso porque teremos a junção de diversos fatores como: presença de açúcar por longo período, diminuição da saliva durante o sono (a saliva é “protetora”) e ausência de higienização dos dentes.

Mas, também não quer dizer que se a criança fizer uso de xarope com certeza terá cárie dentária. A cárie dentária é uma doença multifatorial, mas açúcar dependente.

Outra questão importante é que quando a criança toma antibiótico é devido à algum problema de saúde sistêmico. Essa alteração sistêmica, pode causar alterações em dentes que estão se formando dentro das bases ósseas. Então, quando estes dentes nascerem eles podem apresentar defeitos na formação do esmalte, que não tem a ver também com o antibiótico ou xarope, mas sim com a queda de imunidade durante a formação deste dente.

Uma dica para os pais e responsáveis para prevenir a cárie dentária é higienizar a boca das crianças sempre logo após a ingestão de medicamentos com formulações de xarope ou suspensão oral.

 

Texto escrito por Carolina Lage. Empreendedora do Curso de Odontologia da Faculdade Serra Dourada Altamira.

Compartilhe nas redes sociais!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp